Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
05/12/2018
Presidente do Conselho de Administração da Yakult é condecorado pelo Consulado-Geral do Japão em São Paulo

Ordem do Sol Nascente é concedida pelo Imperador a japoneses e estrangeiros que prestaram grandes contribuições para o desenvolvimento do Japão, tanto no país quanto no exterior

05 DE DEZEMBRO DE 2018 – O presidente do Conselho de Administração da Yakult do Brasil, Masahiko Sadakata, receberá a Condecoração Ordem do Sol Nascente – Raios de Ouro e Prata, no dia 6 de dezembro, em cerimônia na residência oficial do Cônsul-Geral do Japão, em São Paulo. A homenagem deve-se ao trabalho desenvolvido à frente da presidência da Yakult do Brasil (1992-2010) e da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil (1996-1998), além de importantes serviços prestados em prol do desenvolvimento e da união entre os dois países.

O executivo também recebeu a condecoração em cerimônia realizada no Ministério das Relações Exteriores do Japão, em Tóquio, ao lado de outros 800 homenageados. “Estou muito feliz com a honraria neste ano tão importante, em que comemoramos os 110 anos da Imigração Japonesa, os 50 anos da Yakult no Brasil e a despedida do Imperador Akihito do trono do Japão. Não haveria um ano mais significativo para eu receber essa homenagem. Dedico esta comenda a todos os colaboradores da empresa e a todas as comerciantes autônomas (Yakult Ladies) que nos ajudaram a construir essa história. Este prêmio é para eles”, ressalta o presidente.

Masahiko Sadakata chegou ao Brasil em 1966 para dar início às obras de implantação da filial brasileira da Yakult – a primeira fora da Ásia e a terceira da Yakult no mundo – com outros três imigrantes. O executivo foi um dos responsáveis pela escolha do terreno e pela construção da primeira fábrica, em São Bernardo do Campo, atuou em diferentes áreas e esteve à frente da presidência da filial brasileira por 18 anos.

O presidente, que está no Brasil há 52 anos, também ajudou a dar início à venda porta a porta do Leite Fermentado Yakult e a preparar as primeiras comerciantes autônomas. “Chegamos aqui com a responsabilidade de implantar a fábrica e consolidar a marca Yakult fora da Ásia, e tenho muito orgulho de ter acompanhado e colaborado com o crescimento da empresa ao longo desses 50 anos de Brasil”, afirma.

Na Câmara de Comércio e Indústria Japonesa no Brasil, Masahiko Sadakata colaborou enormemente para o fomento do intercâmbio entre Japão e Brasil, ao ajudar a resolver diversas questões relativas às diferenças do sistema jurídico e dos hábitos comerciais entre os dois países. Durante sua gestão também houve um importante suporte para a expansão e elevação da imagem das indústrias japonesas no Brasil. “A meta da entidade era trabalhar para a vinda de empresas japonesas para o País, além de estimular empreeendedores japoneses a instalar as sedes de novas empresas aqui. Hoje, são mais de 300 empresas japonesas no Brasil na área da indústria e do comércio”, destaca.

Além disso, Masahiko Sadakata contribuiu para projetos que visavam o avanço das relações nipo-brasileiras, auxiliando, por exemplo, nos custos de transporte para o envio de um bonde doado pela Prefeitura de Nagasaki à cidade de Santos, em 2016, em comemoração aos 108 anos da Imigração Japonesa. O veículo, que integra a frota turística conhecida como ‘Museu Vivo Internacional de Bondes’, chegou à cidade depois de uma complexa operação de logística e de documentação.

O presidente do Conselho de Administração da Yakult também foi o idealizador da construção do Centro de Treinamento/Academia de Beisebol Yakult, em Ibiúna, no interior de São Paulo. Considerado o melhor estádio de beisebol da América Latina, o CT ocupa 242 mil metros quadrados de área total, comporta 3 mil pessoas e possui três campos oficiais, salas de musculação, de fisioterapia e de treinamentos, alojamento para 50 atletas, apartamentos para atletas internos e técnicos, piscina, quadras poliesportivas e estacionamento para mil carros. “Trabalhamos para estimular os jovens a gostarem de jogar beisebol e temos muito orgulho de dizer que mais de 100 atletas já saíram do CT para seguir carreira como profissionais em times do Japão e dos Estados Unidos”, comemora.

A CONDECORAÇÃO
Criada com o objetivo de homenagear pessoas que prestaram grandes contribuições para o desenvolvimento do Japão nas áreas políticas, das relações diplomáticas, industriais, econômicas, das ciências e das artes, a Ordem do Sol Nascente – Raios de Ouro e Prata será entregue pelo Cônsul-Geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi. A condecoração é realizada duas vezes por ano, de acordo com o calendário japonês: primavera e outono. Nesta homenagem, que simboliza o outono do 30º Ano da Era Heisei (2018), 4.079 japoneses e 135 estrangeiros serão condecorados em todo o mundo.

No Brasil, 17 pessoas receberão a homenagem, incluindo japoneses e estrangeiros: três na Embaixada do Japão (Brasília); cinco no Consulado-Geral do Japão em São Paulo; dois no Consulado-Geral do Japão no Rio de Janeiro; três no Consulado-Geral do Japão em Curitiba (Paraná); um no Consulado-Geral do Japão em Manaus (Amazonas); dois no Consulado-Geral do Japão em Recife (Pernambuco); um no Consulado-Geral do Japão em Belém (Pará).

Sobre a Yakult – O Leite Fermentado Yakult completa 83 anos em 2018 e é o carro-chefe da empresa. Desde que o médico Minoru Shirota criou o Leite Fermentado com o exclusivo Lactobacillus casei Shirota, em 1935, e fundou a Yakult, em 1955, a empresa sempre teve grande preocupação em desenvolver alimentos que beneficiem a saúde das pessoas. Por isso, mantém o Instituto Central Yakult, em Kunitachi, Tóquio, no Japão, que realiza inúmeros estudos relacionados ao intestino humano. Nos 38 países e regiões em que está presente, a Yakult possui aproximadamente 80 mil comerciantes autônomas (conhecidas como Yakult Ladies) – 35 mil no Japão e 45 mil em 12 outros países, incluindo o Brasil – que levam os produtos de porta a porta para milhões de consumidores, mesmo nos locais mais distantes. Atualmente, aproximadamente 39 milhões de frascos de Leite Fermentado Yakult são consumidos diariamente no mundo (resultado de 2017). A filial brasileira completa 50 anos em 2018. O Complexo Fabril, localizado em Lorena, produz média de 2 milhões de frascos de Leite Fermentado Yakult com Lactobacillus casei Shirota por dia e é um dos mais modernos da companhia no mundo. Para outras informações acesse o site www.yakult.com.br.



Mais informações à imprensa:
Assessoria de Imprensa Yakult
Adenilde Bringel - (11) 4432-4000
assessoriayakult@companhiadeimprensa.com.br
adbringel@companhiadeimprensa.com.br

 Buscar release:
   
 Imagens
Clique nas imagens para salvá-las em maior resolução
Medalha da Condecoração Ordem do Sol Nascente – Raios de Ouro e Prata
O presidente do Conselho de Administração da Yakult, Masahiko Sadakata (na foto com a filha Cristiane Sadakata), depois de receber a medalha no Ministério das Relações Exteriores do Japão, em Tóquio
 Perfil da empresa

A Yakult é a precursora no segmento de alimentos com probióticos no mundo, com o Leite Fermentado comLactobacillus casei Shirota, lançado em 1935 no Japão e em 1968 no Brasil. A empresa possui um Complexo Fabril na cidade de Lorena, no Vale do Paraíba, onde mantém a produção de todo o portfólio disponível no Brasil.

Em Lorena, a Yakult produz o Leite Fermentado Yakult, o Yakult 40 e o Yakult 40 light, a sobremesa láctea fermentada Sofyl – os quatro com o exclusivo Lactobacillus casei Shirota –, o Suco de Maçã, o alimento com extrato de soja Tonyu, a bebida láctea combinada com suco de frutas Yodel e os alimentos adicionados com nutrientes essenciais direcionados ao público feminino e masculino Hiline F e Taffman-EX, respectivamente.

A empresa foi fundada no Japão em 1935 pelo médico e pesquisador Minoru Shirota que, após anos de pesquisas, conseguiu isolar uma cepa do intestino humano classificada posteriormente como Lactobacillus casei Shirota. A cepa deu origem a um leite fermentado contendo microrganismos probióticos capazes de regularizar a microbiota intestinal e que é, até hoje, o carro-chefe da empresa.

A matriz japonesa da Yakult completa 82 anos em 2017. Desde o início de suas atividades, em 1935, quando o médico Minoru Shirota criou o Leite Fermentado com o exclusivo Lactobacillus casei Shirota, a empresa sempre teve grande preocupação em desenvolver alimentos que pudessem beneficiar a saúde das pessoas. Por isso, mantém o Instituto Central Yakult, em Tóquio, no Japão, que realiza inúmeros estudos relacionados ao intestino humano.

A Yakult está presente em 37 países e regiões, além do Japão (incluindo escritórios de representação), e possui 35 mil comerciantes autônomas no Japão (conhecidas como Yakult Ladies) e 45 mil em 12 outros países. No mundo, mais de 37 milhões de pessoas consomem Leite Fermentado Yakult com Lactobacillus casei Shirota diariamente. A fábrica brasileira, localizada em Lorena, produz média de 2 milhões de frascos de Leite Fermentado Yakult com Lactobacillus casei Shirota por dia e é uma das mais modernas da companhia no mundo.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308