Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
14/02/2018
Região Sudeste inscreve 46 equipes na 24ª Competição Baja SAE BRASIL-PETROBRAS

De 22 a 25 de fevereiro, em São José dos Campos (SP), competição reúne o total de 84 equipes inscritas, de Norte a Sul do País

São Paulo – Faltam poucos dias para o início da 24ª Competição Baja SAE BRASIL - PETROBRAS, que será realizada de 22 a 25 de fevereiro, em São José dos Campos, SP. Os carros que vão disputar as provas foram desenvolvidos e construídos por universitários de Norte a Sul do País, orientados por professores. Além da parte técnica dos protótipos, os estudantes são responsáveis pela administração da equipe e viabilidade econômica do projeto.

A região Sudeste lidera em número de inscrições, com 48 equipes, 20 delas do Estado de São Paulo. Minas Gerais inscreveu 13 equipes, Rio de Janeiro 11 e Espírito Santo duas.

As três instituições de ensino que alcançarem as melhores pontuações na soma geral de todas as provas poderão representar o País na Baja SAE Kansas, competição anual da SAE International, realizada em Pittsburg (EUA), de 17 a 20 de maio, onde o Brasil foi vencedor por cinco vezes.

Baja Mud Racing – A equipe da Faculdade de Engenharia de Sorocaba (SP) traz este ano um carro construído com materiais mais resistentes e leves, com redução de peças baseada em dados fornecidos por cálculos estruturais. O capitão João Vitor Valentin Arruda, 23 anos, 7º semestre Engenharia Mecânica, conta que o projeto foca também na facilidade de manutenção. “Temos um novo chassi, mais leve, resistente e econômico, adotamos peças mais modernas como um novo sistema de CVT (Continuously Variable Transmission), um novo dashlogger (sistema de monitoramento e aquisição de dados), e melhoramos o processo de laminação da carenagem”, aponta.

Camaleão – A equipe novata do Centro Universitário Newton Paiva, de Belo Horizonte (MG), instituição que já participou de competições regionais do Baja, é composta por 13 membros, a maioria estreante na competição. “Adotamos o princípio de fazer mais com menos, optamos por processos de fabricação simples e de rápida execução para a confecção dos elementos”, destaca Rodolfo Otávio Alves, 24 anos, 6º período de Engenharia Mecânica, capitão da equipe. A Camaleão apostou pela primeira vez no uso de alumínio nos links da suspensão dianteira para facilitar o processo de fabricação, e em um sistema na suspensão traseira que permite o deslocamento dos links, com melhores resultados de dirigibilidade.

Reptiles – Sexta colocada na competição Baja Regional Sudeste em 2017, a equipe da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio) destaca o design e a barra anti rolagem na suspensão do carro como diferenciais do projeto. A Reptiles usou pela primeira vez um microscópio eletrônico de varredura para testes em componentes danificados e focou no estudo de materiais para obtenção de mais leveza no veículo, e também de diversas configurações da CVT para conseguir velocidade ideal em cada prova. “Esperamos melhorar o desempenho em relação à última competição nacional, dividimos a nossa equipe em subsistemas, cada um responsável para manutenção e fabricação dos seus componentes. Nesse carro, visamos a utilização de planos para montagem da gaiola, facilitando a fabricação por meios de gabaritos”, explica Luciana Heringer Matilde, capitã da equipe.

Vitória Baja - Veterana na Baja SAE BRASIL a equipe da Universidade Federal do Espírito Santo, vai com diferenciais no protótipo, como barra estabilizadora para melhoria do desempenho em curvas, alívio de massa das engrenagens da caixa de redução, sistema de arrefecimento da CVT, novo banco adaptado às características do piloto, novo painel e melhorias da eletrônica embarcada, além de melhorias no design. “Estamos confiantes na evolução do desempenho do protótipo e esperamos progressos nas provas de aceleração e velocidade, a ergonomia do carro também melhorou”, diz o capitão Vinícius Michalovzkey.

O Baja – O Baja SAE é um protótipo de estrutura tubular em aço, monoposto, para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, capaz de transportar pilotos com até 1,90 m de altura e até 109 kg. Os sistemas de suspensão, transmissão e freios, assim como o próprio chassi, são projetados e construídos pelas equipes, responsáveis pela viabilidade econômica do projeto.

“Nos programas estudantis promovidos pela SAE BRASIL os jovens descobrem como trabalhar em equipe e, dentro das regras do jogo, qualificação que o mercado exigirá mais tarde como profissionais”, analisa Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL.

24ª Competição Baja SAE BRASIL - PETROBRAS - 22 a 25 de fevereiro de 2018
Av. Cesare Monsueto Giulio Lattes, s/n, bairro Eugenio de Melo, São José dos Campos, ao lado da FATEC.

*PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR
Dia 22 (quinta-feira) período da manhã – Briefing da competição. Período da tarde – Inspeções técnicas de segurança do veículo.
Dia 23 (sexta-feira) – dia todo – Inspeções técnicas de segurança do veículo e apresentações de projetos.
Dia 24 (sábado) – dia todo – Apresentações de projetos e provas dinâmicas.
Dia 25 de fevereiro (domingo) período da manhã – Formação do grid de largada e enduro de resistência. Período da tarde – Encerramento.



Mais informações à imprensa:
Companhia de Imprensa – Telefones: (11) 4435-0000 / (11) 9 4984-9581
Maria do Socorro Diogo – msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Susete Davi – susete@companhiadeimprensa.com.br

 Buscar release:
   
 Imagens
Clique nas imagens para salvá-las em maior resolução
Equipe Reptiles (PUC-Rio) prepara o carro para a competição
Equipe Vitória Baja, em teste com novo carro da Federal do Espírito Santo
Equipe Camaleão trabalha no protótipo do Centro Universitário Newton Paiva (MG)
 Perfil da empresa

A SAE BRASIL é uma associação sem fins lucrativos que congrega engenheiros, técnicos e executivos unidos pela missão comum de disseminar técnicas e conhecimentos relativos à tecnologia da mobilidade em suas variadas formas: terrestre, marítima e aeroespacial.
A SAE BRASIL foi fundada em 1991 por executivos dos segmentos automotivo e aeroespacial, conscientes da necessidade de se abrir as fronteiras do conhecimento para os profissionais brasileiros da mobilidade, em face da integração do País ao processo de globalização da economia, ora em seu início, naquele período. Desde então a SAE BRASIL tem experimentado extraordinário crescimento, totalizando mais de 6 mil associados e 10 seções regionais distribuídas desde o Nordeste até o extremo Sul do Brasil, constituindo-se hoje na mais importante sociedade de engenharia da mobilidade do País.
A SAE BRASIL é filiada à SAE INTERNATIONAL, associação com os mesmos fins e objetivos, fundada em 1905, nos EUA, por líderes de grande visão da indústria automotiva e da então nascente indústria aeronáutica, dentre os quais se destacam Henry Ford, Orville Wright e Thomas Edison, e tem se constituído, ao longo de mais de um século de existência, em uma das principais fontes de normas, padrões e conhecimento relativos aos setores automotivo e aeroespacial em todo o mundo, com mais de 35 mil normas geradas e mais de 138 mil sócios distribuídos por cerca de 100 países.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308