Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
16/11/2016
SMARTTECH e Sindipeças firmam convênio para fomento à inovação e pesquisa

Convênio foi apresentado na sede da SMARTTECH, em Holambra, São Paulo

Holambra– A SMARTTECH, empresa 100% brasileira especializada em tecnologia e serviços de apoio a projetos de engenharia, acaba de celebrar convênio com o Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores) para suporte técnico e treinamento às empresas associadas à entidade.

O convênio foi apresentado na sede da SMARTTECH, no distrito industrial de Holambra (SP), a representantes de empresas da cadeia automotiva, entre as quais Ford, Mahle, ZF, Irizar, Sogefi, Hutchinson, TE Connectivity e Truck Bus, que visitaram os laboratórios e as pistas de testes do TechCenter da empresa.

Nesse convênio a SMARTTECH entra com suporte de engenharia para desenvolvimento e otimização de produtos e processos produtivos, com redução de custo e tempo do desenvolvimento, além de treinamento prático em pista de testes e experimentação nos laboratórios do TechCenter no ciclo completo do trabalho.

José Lauro Magalhães, assessor de TI e Inovação do Sindipeças, explicou que o convênio faz parte do programa iniciado há dois anos pela entidade como estímulo ao desenvolvimento da atividade industrial no setor de autopeças, que oferece às empresas associadas à entidade suporte em tecnologia e inovação com descontos especiais. “Rastreamos o País em busca de competências tecnológicas para ajudar as empresas no caminho da inovação”, disse, ao apresentar o projeto, que já conta 26 parceiros ante a meta de 30 que o Sindipeças pretende arrebanhar até junho de 2017.

Segundo Magalhães o convênio foca principalmente as empresas de pequeno porte. O projeto se vale ainda de guias digitais, disponíveis aos associados mediante senha, que concentram informações fundamentais para o desenvolvimento, otimização e resolução de problemas de produtos, além de soluções para gargalos de produção. “Buscamos parceiros inovadores com expertise bastante para melhorar a competitividade das empresas com produtos melhores e custos menores; nossos guias mostram onde encontrar recursos para financiamento, laboratórios de testes e centros de pesquisas tecnológicas avançadas”, explica.

Ricardo Nogueira, presidente da SMARTTECH, destacou a massificação da tecnologia e sua influência no comportamento social do consumidor e na decisão das empresas quanto ao atendimento das novas demandas. “Vivemos uma disruptura na indústria em que um produto precisa ser lançado muito rapidamente, já não há mais tempo para pensar em projetos de prazos mais longos, e isso tem impacto brutal na forma de fazer as coisas, o que precisamos repensar”, apontou. Para o executivo o convênio pode contribuir substancialmente para o atendimento a essa nova demanda.

A disruptura nos modelos tradicionais de negócios foi tema da apresentação do engenheiro e consultor Christiano Blume, que trouxe reflexão sobre o futuro da mobilidade urbana, em que destacou as novas demandas dos consumidores, a digitalização e a perspectiva de profundas mudanças nos modelos tradicionais de negócios da indústria automobilística. “Questiona-se muito a importância da propriedade do veículo, razão pela qual as montadoras estão se movimentando na direção de parcerias com players nas áreas de digitalização para manter interface com o consumidor que usam aplicativos para se deslocar. Muita coisa está acontecendo”, disse Blume.

Mariana Batista, diretora técnica da SMARTTECH, apresentou a simulação em laboratório como solução para o ciclo mais rápido e eficiente de desenvolvimento de produto. A engenheira explicou que a simulação possibilita análise estrutural completa do produto, com otimização do design e geometria, análise de parâmetros (materiais, propriedade mecânica e dimensões), fabricação do produto (tempo de ciclo, dimensionamento da máquina) e validação virtual, com modelo mais assertivo. “Para esse resultado são necessárias várias disciplinas conectadas em fluxos de acordo com as características de cada item, e otimização de processos ajustados a cada produto”, finalizou.

José Celso Mazarin, diretor de Operações do TechCenter SMARTTECH destacou a geração mais rápida de modelos para a área de Segurança Veicular, com aplicações para powertrain, carroceria, chassis, pneus, freios e muitas outras áreas. “Os testes em simulação contribuem para a redução drástica de custos de projeto e de tempo de desenvolvimento do produto, e hoje realizamos em Holambra ensaios antes feitos somente no Exterior”, assinalou o engenheiro. Entre os testes, Mazarin citou os de ruídos e vibrações, durabilidade, acionamento de componentes e exposição a ciclos térmicos relacionados a vibrações.


O TechCenter - Projetado para atender demandas de fabricantes do setor automotivo, de máquinas agrícolas, óleo e gás, bens de consumo e eletroeletrônicos em busca de produtividade e qualidade do produto, o TechCenter da Smarttech se estende por uma área de 37 mil m², dos quais 1,7 mil m² construídos - 1,1 mil m² ocupados exclusivamente por laboratórios. O complexo abriga ainda setores administrativo, engenharia e treinamento.




Mais informações à imprensa:
Companhia de Imprensa
Maria do Socorro Diogo – msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Susete Davi – susete@companhiadeimprensa.com.br
Telefones – (11) 4435-0000 e 94984-9581

 Buscar release:
   
 Imagens
Clique nas imagens para salvá-las em maior resolução
Ricardo Nogueira, presidente da Smarttech
 Perfil da empresa

Fundada em 1997, fornece serviços e tecnologias para apoio a projetos de engenharia. Com uma visão multidisciplinar, oferece ao mercado recursos de simulação e testes de forma a cobrir as principais necessidades de projeto e validação de produtos. Tem parcerias com empresas líderes no mercado mundial em suas respectivas áreas, representadas na América do Sul. A equipe técnica tem visão não apenas da operação das tecnologias, mas da aplicação em diferentes áreas tais como energia, automotiva, máquinas agrícolas, bens de consumo, máquinas e equipamentos, entre outros. Está organizada em duas empresas, uma voltada à comercialização de software e hardware (Smarttech Tecnologia) e outra à execução de serviços de engenharia (Smarttech Serviços de Engenharia).Dispõe de um Techcenter único no Brasil paraapoiar suas atividades com laboratórios de shakers, atuadores hidráulicos, câmara acústica e pista de teste de ruído. Durabilidade, NVH, Cálculo Estrutural, Multicorpos, Injeção de Plásticos são algumas das disciplinas oferecidas pela Smarttech. O grupo possui base na cidade de Holambra, distante 135 km da capital paulista.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308