Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
19/08/2013
ARTIGO - Manufatura e desenvolvimento de produto como fonte de competitividade e inovação

Por Leonardo Macarrão Jr.*

O processo de desenvolvimento de produto deve ser suficientemente robusto e capaz para que cada componente de um veículo interaja de forma perfeita com os demais componentes montados ao seu redor. Cada componente deve ser projetado para que, dentro das suas tolerâncias dimensionais de fabricação, tenha um funcionamento perfeito no veículo, livre de ruídos, vibrações e outros efeitos indesejados, além de proporcionar um excelente acabamento.

Para que essa harmonia ocorra, a manufatura deve cumprir o seu papel no processo, fabricando e montando com esmero cada componente em cada um dos postos de trabalho. Antes disso, o desenvolvimento do processo de fabricação deve ser robusto o suficiente para que a manufatura, propriamente dita, alcance o seu objetivo.

O detalhe é que não se faz um veículo com processos isolados de projeto, fabricação e montagem. Cada etapa desse processo deve interagir com a anterior e com a subsequente, a fim de facilitar o processo como um todo e reduzir custos indesejados, quero dizer, aqueles que podem ser evitados na maioria das vezes.

Essa interação é a principal responsável pela entrega de um excelente veículo na ponta da linha. Os veículos automotores são produzidos em escala industrial há mais de um século. Ano após ano, engenheiros e técnicos buscam novas soluções para resolver e principalmente evitar que ocorram problemas na produção. Muitas soluções são simples de serem aplicadas. Outras nem tanto, dada à complexidade crescente dos veículos, especialmente nos dias atuais em que o consumidor procura, cada vez mais, novos dispositivos que facilitem a sua vida na condução do veículo.

Situações complexas requerem soluções inovadoras, capazes de resolver as dificuldades sem onerar o processo produtivo. Felizmente as montadoras têm obtido êxito justamente pela inovação e se mantido competitivas no mercado.

Se o projeto e o desenvolvimento do veículo não estiverem alinhados com o processo de fabricação e este, por sua vez com a manufatura dos veículos, as dificuldades encontradas poderão afetar não só a qualidade do produto, como também a competitividade da montadora no mercado. Esta interação em busca da competitividade e da inovação é o tema do debate no Painel de Manufatura do Congresso SAE BRASIL, dia 8 de outubro, em São Paulo.

Leonardo Macarrão Jr. dirige o Comitê de Manufatura, Qualidade e Logística do Congresso SAE BRASIL 2013

22º Congresso e Exposição Internacionais SAE BRASIL de Tecnologia da Mobilidade
Data: 7 a 9 de outubro de 2013 - das 8h30 às 20h30
Painéis Manufatura, Qualidade e Logística - dia 8, a partir das 9h, Auditório Jaçanã 3
Local: Expo Center Norte/Pavilhão Azul - Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme, São Paulo



Mais informações à imprensa:
Companhia de Imprensa
Maria do Socorro Diogo - msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Susete Davi – susete@companhiadeimprensa.com.br
Telefones (11) 4435-0000 – 7204-1921

 Buscar release:
   
 Perfil da empresa

A SAE BRASIL é uma associação sem fins lucrativos que congrega engenheiros, técnicos e executivos unidos pela missão comum de disseminar técnicas e conhecimentos relativos à tecnologia da mobilidade em suas variadas formas: terrestre, marítima e aeroespacial.
A SAE BRASIL foi fundada em 1991 por executivos dos segmentos automotivo e aeroespacial, conscientes da necessidade de se abrir as fronteiras do conhecimento para os profissionais brasileiros da mobilidade, em face da integração do País ao processo de globalização da economia, ora em seu início, naquele período. Desde então a SAE BRASIL tem experimentado extraordinário crescimento, totalizando mais de 6 mil associados e 10 seções regionais distribuídas desde o Nordeste até o extremo Sul do Brasil, constituindo-se hoje na mais importante sociedade de engenharia da mobilidade do País.
A SAE BRASIL é filiada à SAE INTERNATIONAL, associação com os mesmos fins e objetivos, fundada em 1905, nos EUA, por líderes de grande visão da indústria automotiva e da então nascente indústria aeronáutica, dentre os quais se destacam Henry Ford, Orville Wright e Thomas Edison, e tem se constituído, ao longo de mais de um século de existência, em uma das principais fontes de normas, padrões e conhecimento relativos aos setores automotivo e aeroespacial em todo o mundo, com mais de 35 mil normas geradas e mais de 138 mil sócios distribuídos por cerca de 100 países.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308