Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
01/09/2011
CURSOS SAE BRASIL - Setembro e Outubro

Para mais informações acesse o site SAE BRASIL

SETEMBRO


Sistemas Operacionais E-learning
Dias 03 de setembro a 29 de outubro – São Paulo/SP



Carga Horária - 72h

Ementa - 1 - Implementação de Sistemas Operacionais
Data: 03, 10, 17 e 24 de setembro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 32h
Objetivos: Apresentar ao profissional os conceitos necessários à implementação de software utilizando sistemas operacionais.
Conteúdo: Introdução a sistemas operacionais. Chamadas de sistema. Processos e comunicação entre processos. Escalonamento. Gerenciamento de memória. Multi-tarefa. Drivers de dispositivos.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios.

2 - Sistemas Operacionais de Tempo Real
Data: 01 e 08 de outubro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 16h
Objetivos: . Fornecer ao profissional conhecimentos necessários para implementação de sistemas de tempo real utilizando sistemas operacionais.
Conteúdo: Introdução a sistemas de tempo real. Sistemas críticos e não críticos. Escalonamento. Concorrência. Compartilhamento de recursos. Tratamento de interrupções. Sincronização. Implementações.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios.

3 - Padrões e Aplicações de Sistemas Operacionais
Data: 15, 22 e 29 de outubro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 24h
Objetivos: Apresentar ao profissional as principais implementações de sistemas operacionais, seus padrões e aplicações.
Conteúdo: Sistemas multi-tarefas e multi-usuários. Padrões POSIX, AutoSAR. Padrões RTOS.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios. Demonstrações práticas.


______________________________________________________________

Sistemas Operacionais – Presencial
Dias 03 de setembro a 29 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 72h

Ementa-

1 - Implementação de Sistemas Operacionais
Data: 03, 10, 17 e 24 de setembro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 32h
Objetivos: Apresentar ao profissional os conceitos necessários à implementação de software utilizando sistemas operacionais.
Conteúdo: Introdução a sistemas operacionais. Chamadas de sistema. Processos e comunicação entre processos. Escalonamento. Gerenciamento de memória. Multi-tarefa. Drivers de dispositivos.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios.

2 - Sistemas Operacionais de Tempo Real
Data: 01 e 08 de outubro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 16h
Objetivos: . Fornecer ao profissional conhecimentos necessários para implementação de sistemas de tempo real utilizando sistemas operacionais.
Conteúdo: Introdução a sistemas de tempo real. Sistemas críticos e não críticos. Escalonamento. Concorrência. Compartilhamento de recursos. Tratamento de interrupções. Sincronização. Implementações.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios.

3 - Padrões e Aplicações de Sistemas Operacionais
Data: 15, 22 e 29 de outubro de 2011.
Horário: 09h00 às 18h00
Carga horária: 24h
Objetivos: Apresentar ao profissional as principais implementações de sistemas operacionais, seus padrões e aplicações.
Conteúdo: Sistemas multi-tarefas e multi-usuários. Padrões POSIX, AutoSAR. Padrões RTOS.
Metodologia: Aulas expositivas e exercícios. Demonstrações práticas.


______________________________________________________________

Análise de Riscos em Projetos
Dias 05 e 06 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Prof. Luiz Pedroso

Ementa-"Otimismo significa esperar o melhor, mas confiança significa saber como se lidará com o pior" .
Nem sempre as boas intenções nas decisões tomadas durante a vida de um projeto são garantia de sucesso. A experiência mostra que um dos fatores mais críticos para o insucesso de um projeto é a falta do gerenciamento dos riscos e a não mitigação dos mesmos. Sem mitigar os riscos, freqüentemente um projeto caminha para ter sérios problemas no seu gerenciamento. “Se você não tem tempo ou recursos para mitigar os riscos agora, tenha certeza absoluta que você deverá ter tempo ou recursos para atacá-los quando se tornarem problemas”. Risco é um problema que ainda não ocorreu, portanto ainda temos chance de gerenciá-lo.

A vida dos gerentes de projetos está cada vez mais difícil. O crescimento na complexidade dos projetos com as exigências de custos cada vez menores e prazos mais curtos é uma constante nos tempos atuais, somando-se a isto a velocidade da evolução/mudança tecnológica que estamos experimentando, temos aí todos os ingredientes que tornam um projeto em uma verdadeira bomba relógio.

Este curso pretende dar uma visão geral de como as empresas estão tratando com os riscos em seus projetos dentro da ótica dos processos do PMI Project Management Institute.

Serão abordados os seguintes temas:

1. Análise de Decisão em Projetos

2. Expected Value – Teoria do Valor Esperado

3. Payoff Table

4. Árvore de Decisão

5. Simulação de Monte Carlo

6. Gerenciamento dos Riscos em Projetos e seus processos.

Público Alvo- Gerentes nas áreas de informática, desenvolvimento de produtos, novas instalações e/ou ampliações, e pessoas envolvidas na área de projetos empresarial.


______________________________________________________________

Engenharia do valor econômico aplicada a engenharia automotiva
Dias 08 e 09 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Luiz Geraldo Crespo Arruda

Ementa-- Abordagens da Engenharia e Análise do Valor;

- Definições;

- Valor x Desperdício;

- Histórico;

- Consagrações;

- Campos de aplicação;

- Valor econômico orientado a Sustentabilidade;

- A implementação da Gestão do Valor na organização;

- A abordagem funcional e a abordagem criativa.

- Fases de trabalho do projeto de engenharia do valor: Preparatória - Informativa - Analítica - Criativa - Avaliação - Julgamento - Implementação - Encerramento.

- Estudo de casos de Engenharia e Análise do Valor aplicados a engenharia automotiva

Público Alvo-- Engenheiros e demais profissionais de nível superior (ou em curso), das diversas áreas do conhecimento na organização: Projetos, Planejamento, Produção, Custos, Qualidade, Suprimentos, Manutenção, Meio ambiente, Saúde e Segurança, Marketing e Pesquisa e Desenvolvimento.


______________________________________________________________

Design Probabilístico e Design Axiomático
Dia 10 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 8h

Instrutor – Prof. Mauro C. Andreassa

Ementa-1 - Engenharia de Confiabilidade

2 - Highly Accelerated Life Testing (HALT)

3 - Fatores que afetam o modelo HALT

4 - A Física da Falha:

. Equação de progressão de trincas

. Power law

. Equação de Black

. Modelo de Eyring

. Equação de Boltzman-Arrhenius

. Teoria de Transição de Estados

. Equação de Fluência (creep)

5 - Design Axiomático

. Axioma 1 – da Independência

. Axioma 2 - da Informação

6 - Entropia de Shannon

Público Alvo- Engenheiros e gerentes de qualidade e de produto interessados em conhecer métodos de melhoria da qualidade através do design, seja entendendo o papel que desempenhado os testes acelerados e sua correlação com os mecanismos de falha, seja através dos axiomas de design que previnem os modos de falha.


______________________________________________________________

Dinâmica dos Ruídos e Vibrações
Dias 15 e 22 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Prof. Omar Moore Madureira

Ementa- Natureza dos ruídos e vibrações em veículos.
Critérios de aceitação.
Origens e propagação dos r. e v..
Dinâmica, balanceamento e suspensão dos moto-propulsores.
Resposta dinâmica das estruturas.
Vibrações induzidas pelo solo.
Análise de soluções construtivas e aplicações.


______________________________________________________________

Ruídos e Vibrações de Motores
Dias 17 e 24 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Profº. Dr.Fernando Castro Pinto

Ementa-- Conceitos básicos em Acústica

- Escala e instrumentação para medição de ruídos e vibrações

- Radiação sonora de estruturas vibrantes

- Isolamento de ruídos

- Material de absorção sonora

- Acústica de cavidades veiculares e dutos

- Propagação sonora em dutos

- Fontes de ruídos e vibrações veiculares. Ruídos de motores

- Simuladores para qualidade sonora

- Métodos numéricos para soluções dos problemas vibroacústicos. Aplicações: silenciadores, caixa de engrenagem e outras

- Qualidade sonora dos produtos


______________________________________________________________

Lubrificantes e Lubrificação Automotiva
Dias 26 e 27 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Eng. Gaston R. S. Schweizer

Ementa-- Noções básicas sobre o petróleo, origem, exploração, processamento e produção de óleos lubrificantes.
- Características e tipos de óleos lubrificantes automotivos, viscosidade e multiviscosidade e tipos de bases (minerais e sintéticos).
- Tipos de aditivos utilizados na formulação dos lubrificantes automotivos.
- Lubrificantes e lubrificação para motores de combustão interna ciclo Otto e ciclo Diesel, classificações de serviço, especificações de desempenho, períodos de troca e problemas de formação de borra.
- Lubrificantes e lubrificação para sistemas de transmissão (caixas de cambio, diferenciais e direções hidráulicas) classificações de serviço, especificações de desempenho e períodos de troca.
- Especificações, desempenho e tipo dos Fluidos de Freio e Embreagem e dos aditivos para os Sistemas de Arrefecimento.
- Características, especificações, tipos e desempenho das Graxas Automotivas.
-Análise e interpretação de laudos de óleos e fluidos automotivos usados.
- Conceito de Lubrificação Integrada.

Público Alvo-- Profissionais de nível superior, técnico ou estudantes voltados às áreas de manutenção, reparação, assistência técnica, oficinas mecânicas, controle de qualidade e atividades ligadas aos lubrificantes e processos de lubrificação em todos os setores da Indústria Automotiva Brasileira.


______________________________________________________________

FMEA – 4ª Versão
Dias 26 e 28 de setembro – São Carlos/Piracicaba


Carga Horária - 6h

Instrutor – Dionis Morganti

Objetivo- Oferecer um completo conhecimento da ferramenta e da metodologia de elaboração de PFMEA. Compreender o impacto desta ferramenta no desenvolvimento de novos processos e produtos, bem como nas melhorias de processos correntes.

Ementa- Já foi constatado que mais da metade das campanhas realizadas pelas montadoras poderiam ter sido evitadas se houvesse um melhor desenvolvimento de produto e processo. Isto significa que as ferramentas do APQP têm ganhado importância nos novos projetos e o FMEA é chave para um bom desenvolvimento de produto/processo com ótimos indicadores de qualidade.

Tópicos:
• Aprenda os conceitos básicos do FMEA.
• FMEA – Ferramenta de prevenção e melhoria contínua.
• Escopo de um FMEA.
• Aprenda as melhores práticas na ferramenta.
• Avalie os riscos potenciais e recomende ações preventivas.
• Exercite os conceitos com um caso prático.


______________________________________________________________

Introduction to Design Review Based on Failure Modes (DRBFM) Webinar - New
Dias 26 a 30 de setembro – Webinars (curso on-line e a distância)


Carga Horária - Session 1
September 26
(9:00 a.m. - 11:00 a.m. ET)
(10h00 às 12h00 – Horário de Brasília)

Session 2
September 28
(9:00 a.m. - 11:00 a.m. ET)
(10h00 às 12h00 – Horário de Brasília)

Session 3
September 30
(9:00 a.m. - 11:00 a.m. ET)
(10h00 às 12h00 – Horário de Brasília)

Instrutor – Bill Haughey

Ementa- Session 1
• DRBFM Procedure, Forms, Planning and Preparation
o Process Guide and Workbook Overview
o Scope and Purpose
o Process Map – General Requirements
o Planning – Formats, examples, homework
o Planning Results and Output
o Preparation – Formats, examples, homework
o Preparation Results and Linkage with DRBFM Format
o Definition of Change Section

Session 2
• DRBFM – Forum 1, Design Review, Action Results and Follow Up
o DRBFM Forum 1 – Engineer analysis
o Change Point definition
o Identification of concerns
o Identification of causes and influences on the vehicle
o Identification of effects
o Identification of severity/priority
o Actions to gain engineering knowledge – evidence

Session 3
• DRBFM – Forum 2, Design Review, Action Results and Follow Up
o DRBFM Forum 2 – Design Review introduction
o Change Point overview
o Identification of additional concerns
o Identification of additional causes and influences on the product
o Identification of effects
o Identification of severity/priority
o Actions taken to eliminate concerns
o Design actions to gain engineering knowledge – evidence
o Validation actions to gain evidence of reliability
o Manufacturing, assembly, and supplier actions
o Action results and feedback to design guidelines
o Roles and responsibilities

Inscrição - Informações Importantes: - Registration for this live webinar is available on a per-person basis, similar to purchasing a seat in a classroom. Participants attend an online session from work or home; anywhere with a PC with internet access (at least 56K) and a telephone. The fee includes one connection to the two hour conference call (toll free telephone number provided for U.S. and select countries*) and assigned personal ID number; one connection to SAE's online training center (via WebEx); and access to a secure course in the SAE Learning Center that contains the webinar presentations, class session recordings, supplemental materials, and assignments.
Multiple Seat Discount - Does your company have a group of employees who need this course? Register one individual at the appriopriate member or list price, then register as many additional employees at half off the list price. To receive the discount, register all individuals at the same time or mention the confirmation number for the first registrant when calling SAE Customer Service. The offer is good for only the same webinar offering. All registrants will receive a personal account and opportunity for CEUs.
NOTE: The course presentation will be recorded and made available for 30 days to those who.


______________________________________________________________

Vibrações e Ruídos Veiculares
Dias 27 e 28 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Prof.Dr. Samir N.Y.Gerges

Objetivo- Fornecer um forte embasamento para o estudo dos mecanismos de geração, radiação e transmissão das vibrações e ruído veicular.
O curso apresenta os princípios de controle de vibrações e ruído juntamente com as últimas técnicas de engenharia existentes e cobre uma grande gama de problemas com casos de estudos reais.
O curso é baseado no livro Ruídos e Vibrações Veiculares autoria do prof. Samir e equipe de 20 especialistas a níveis de mestrado e doutorado na área.

Ementa- • Conceitos básicos em vibrações e acústica. Geração, propagação e transmissão. Vibrações de um grau e multi-grau de liberdade. Pressão, intensidade, potência e impedância sonora. Adição e subtração de decibel, ondas unidimensionais e tridimensionais; esféricas e cilíndricas.

• Vibrações de corpo humano, audição Humana e escalas de Medição.

• Seleção, utilização e técnicas de medição de vibrações e ruído: seleção dos equipamentos e calibração, analise modal experimental, medições de potência sonora, medição de absorção sonora, medição de isolamento de vibrações e acústico, medição de resposta vibroacustica, entre outras. Demo prático com equipamentos na sala de aula.

• Vibrações de estruturas veiculares e sua radiação sonora (porta, painel, etc.).

• Isolamento de vibrações e ruído com aplicação na “Fire wall” e outras.

• Materiais de amortecimento de vibrações e revestimento veiculares: Materiais de absorção e isolamento vibratório. Medição de coeficiente de absorção. Medições de isolamento vibratório. Revestimento interno. Isolamento de Vibrações;

• Vibrações e propagação sonora em dutos com aplicação em silenciadores, resonadores tipo Helmholtz, escapamento veiculares, entre outros;

• Métodos numéricos em vibroacústicas: Elementos finitos/infinitos, elementos de contornos e Análise estatística de energia (SEA);

• Qualidade sonora, grandezas físicas (sharpness, laudness, etc), demonstrações prática usando aparelhos "Noisebook" de "Head Acoustics" gravação bi-aurilar, análise e playback.

• Exemplos de aplicações de modelagem: Vibrações e Ruído veicular interno, escape, caixa de engrenagem, filtro do ar, Fire wall, sistema de direção hidráulica, acústica de cavidade veicular, entre outros;

• Discussão aberta sobre problemas específicos dos participantes Fontes.


______________________________________________________________

Análise de Fadiga através do Método dos Elementos Finitos
Dias 28 a 30 de setembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 24h

Instrutor – Giovanni de Morais Teixeira, M.Sc.

Ementa- • Introdução ao Método de Elementos Finitos;

• História do método e panorama na indústria;

• Natureza estatística da fadiga;

• Características das falhas por fadiga e propriedades básicas dos materiais estruturais;

• Métodos tradicionais de dimensionamento a fadiga (S-N, e-N);

• Estimativas de curvas S-N;

• Método Rain Flow, efeito das cargas médias e regra de acúmulo de dano de Miner;

• Estimativas e relações entre as constantes e-N;

• Fadiga multiaxial e fator de correção de Neuber;

• Fadiga em elastômeros;

• Simulações numéricas: aplicações diversas na indústria;

• Conclusões.

Objetivo - Estudos indicam que o fenômeno de fadiga é responsável por 90% das falhas de serviço relativas a causas mecânicas e particularmente insidiosas por ocorrer sem que haja qualquer aviso prévio e sem a existência de deformações macroscópicas na estrutura. Sabendo dessa necessidade, a ESSS elaborou o presente curso sobre fadiga e modelagem do fenômeno, com ênfase no uso das ferramentas de simulação numérica (CAE), como um importante ponto de partida para a correta determinação da vida a fadiga de componentes mecânicos. O objetivo de curso é preparar os profissionais de engenharia para realizar análises numéricas de fadiga.



OUTUBRO


Warranty Risk Management
Dias 03 e 04 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Prakash Sathe

Ementa- • Introduction

• Strategic Issues
– Market Driven
– Competitive Advantage

• Sources of Risk
– Commercial
– Organizational
– Resources
– Training
– Communication

• Closing Comments

• Management of Warranty Risk
– Product Planning, Communication with OEM
– Product Design, Development, Testing
– Process Planning
– Production
– After Sales Service, Communication with OEM

• Warranty Tool Box Training
– Corrective Tools

• Statistical vs. Technical Information

• Early Warning Indicators

• Trend analysis-MOP/MIS, MIS

• Forecasting

• Dealer Data Analysis

• Customer Feedback analysis

• No Trouble Found Issues

• Corrective Action verification
– Preventive Tools

• FMEA

• Exercises

• Closing Comments

Público Alvo Estudantes de engenharia, Engenheiros e gerentes de qualidade e de produto interessados em conhecer métodos de melhoria da qualidade.


______________________________________________________________

Gerenciamento de Projetos
Dias 03 a 26 de outubro – São Carlos/Piracicaba


Carga Horária - 24h

Instrutores – Daniele C.Nagalli Zaccaria e Diego A. Messias

Ementa• Introdução e conceitos fundamentais

• Gestão das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos:

• Integração

• Gerenciamento de Escopo

• Gerenciamento do Tempo

• Gerenciamento dos Custos

• Gerenciamento da Qualidade

• Gerenciamento dos Recursos Humanos

• Gerenciamento da Comunicação

• Gerenciamento de Riscos

• Gerenciamento das Aquisições

Público Alvo Profissionais atuando em organizações interessadas na gestão de projetos, ou que desejem preparar-se para tal.


______________________________________________________________

Método dos Elementos Finitos Aplicado na Indústria Automotiva
Dias 10 e 11 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutores – Valmir Fleischmann

Ementa 1. Introdução ao Método dos Elementos Finitos (FEM)

2. Malha de elementos finitos

2.1 Tipos de elementos utilizados na discretização do modelo
2.1.1 Elementos unidimensionais (vigas e treliças)

2.1.2 Elementos bidimensionais (cascas)

2.1.3 Elementos tridimensionais (sólidos)

2.2 Funções de interpolação e discretização

2.3 Refinamento da malha e seus efeitos nos resultados

3. Estimativa de erros da solução

3.1 Erros envolvidos no estudo: Norma da Energia

4. Propriedade dos materiais

4.1. Comportamento mecânico

4.2. Elasticidade linear

4.3. Plasticidade

4.4. Material linear versus material não linear

5. Tipos de análises

5.1. Estática linear

5.2. Análise modal

5.3. Análise de fadiga

5.4. Otimização estrutural paramétrica

6. Critérios de Aprovação de Projeto

6.1. Teoria da Tensão Máxima Principal

6.2. Teoria da Máxima Tensão Equivalente (Critério de Von Mises)

6.3. Teoria da Máxima Tensão Cisalhante (Critério de Tresca)

Público Alvo Engenheiros estruturais mecânicos e automotivos. O curso é teórico com exemplos práticos alem de ser distribuídos exercícios para fundamentar os conceitos.


______________________________________________________________

Identificação de Fontes de Ruído
Dias 13 e 14 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutores – Prof. Dr.-Ing. Fernando Castro Pinto

Objetivo Apresentar os conceitos relativos à instrumentação e análise de sinais relacionados à Intensimetria Acústica, Beam-Forming e Holografia Acústica. Serão abordadas as formulações teóricas das principais técnicas de identificação de fontes, suas limitações e campos de aplicação. As características da instrumentação utilizada e das técnicas de processamento de sinais serão discutidas, bem como as opções comerciais disponíveis. Os principais tópicos do curso são: Acústica básica; Propagação sonora; Processamento de sinais no domínio da freqüência - FFT; Hardware de aquisição e análise de dados; Intensimetria acústica; Beam-forming; Holografia acústica; Interpretação e análise dos resultados e Aplicações.

Ementa A busca por um diferencial nos produtos e o crescente aumento das exigências, por parte do público, em busca de veículos mais confortáveis tornam os aspectos de projeto relacionados a ruído cada vez mais importantes no processo de desenvolvimento. A identificação de fontes sonoras no ambiente interno do veículo, ou do mesmo para o exterior, fornece informação vital para a especificação e emprego de materiais ou formas de tratamento acústico, otimiizadas e com redução de custos. A capacitação dos engenheiros de produto e de fabricação nestes aspectos apresenta-se, portanto, como uma necessidade para as empresas do setor. Apenas o correto entendimento e correta mensuração dos efeitos relacionados permitirão a correta interpretação de suas causas e a tomada de decisões em fase de projeto.


______________________________________________________________

Dinâmica da Segurança Veicular
Dias 13 e 20 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutores – Prof. Omar Moore Madureira

Ementa Segurança ativa e passiva.

Dinâmica das manobras.

Energia cinética, choque e absorção.

Segurança passiva: dinâmica da colisão primária e secundária.

Legislação.

Dispositivos de proteção.

Simulação e análise dinâmica dos acidentes.

Estudo das soluções construtivas de veículos.


______________________________________________________________

Dinâmica Veicular
Dias 15 a 29 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 24h

Instrutores – Prof. Dr. Frederico Barbieri

Ementa INTRODUÇÃO
Introdução à dinâmica veicular
Fundamentos de modelagem metemática
Sistemas de coordenadas

DINÂMICA LONGITUDINAL
Carregamentos dinâmicos nos eixos
Desempenho em aceleração
Aceleração limitada pela potência do motor
Aceleração limitada pela capacidade de tração
Desempenho na frenagem
Forças resistivas
Aerodinâmica
Resistência ao rolamento

DINAMICA LATERAL
Esterçamento em baixa velocidade
Esterçamento em alta velocidade
Equações de esterçamento – regime permanente
Velocidade característica
Velocidade crítica
Comportamento Sobre/Subesterçante
Levantamento dos gradientes de Esterçamento
Influência da suspensão na dinâmica lateral

DINAMICA VERTICAL
Noções Básicas De Vibrações (2DOF)
Modelo de ¼ de veículo
Descrição dos tipos de entradas de pista
Resposta em função do tempo
Resposta em função da freqüência
Modos de vibrar - bounce e pitch
Conforto


______________________________________________________________

Análise de Decisão utilizando Simulação de Monte-Carlo
Dias 17 e 18 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutores – Prof. Luiz Pedroso

Ementa Infelizmente planilhas são estáticas, elas não servem para prever o futuro e nem sabem lidar com as incertezas das variáveis que suas células representam. Quando você precisa prever o comportamento dos resultados esperados, fazer análise de cenários, medir a confiança nas suas decisões, que é a necessidade básica do fazer negócio das empresas a Simulação de Monte-Carlo é a ferramenta que dá esta capacidade às planilhas.
Este treinamento utilizará o software mais conhecido e vendido para executar a Simulação de Monte-Carlo, o Crystal Ball, que pode ser utilizado nos seguintes métodos de análise:

• Análise e quantificação dos Riscos nas decisões;

• Estimativa de Custos;

• Análise Financeira;

• Projetos de Seis Sigma;

• Pesquisa Operacional;

• Otimização;

• Gerenciamento de Projetos;

• Opções Reais;

• Qualidade;

• Análise Estatística;

• Análise Estratégica;

• Supply Chain.

Aumentar os lucros. Diminuir os custos. Reduzir o tempo de desenvolvimento. Medir o nível de confiança de uma decisão. Todo dia você se encontra frente a frente com estas situações. Cada uma destas decisões de negócio faz com que você avance ou impede o seu progresso. Você necessita de uma solução capaz de executar análises complexas de riscos e incertezas sobre uma gama de aplicações. Crystal Ball é o líder dos softwares baseados em planilhas para análise de decisão, simulação de Monte-Carlo, otimização e modelos de previsão. Com o Crystal Ball você consegue uma boa visão dos fatores críticos que produzem riscos e calcula a probabilidade (confiança) que você tem em atingir seus objetivos.

Se você necessita fazer análise de riscos de suas decisões ou conseguir mostrar o nível de confiança que poderá ser atingido com determinadas decisões, esta é a ferramenta e o treinamento que você precisa.

Este treinamento irá mostrar como desenvolver e estruturar seus modelos com planilhas para facilitar a simulação, eliminando problemas e criando modelos consistentes e flexíveis.

É um treinamento prático para capacitação na análise de risco em decisões utilizando o software Crystal Ball.

O treinamento irá mostrar, através de cases, as bases da Simulação de Monte Carlo, como desenvolver modelos no Crystal Ball, como analisar os resultados das simulações e principalmente como apresentar os resultados para seus clientes, gerentes, etc..

O treinamento é excelente para iniciantes no Crystal Ball e também para quem já conhece uma ótima oportunidade para melhorar seus conhecimentos e aprimorar suas técnicas de simulação.

Este treinamento irá:

- Relembrar conceitos básicos de estatística e simulação de Monte Carlo;

- Ensinar as habilidades básicas necessárias para utilizar o Crystal Ball;

- Mostrar como comunicar os conceitos/resultados de uma simulação;

- Dar um grande entendimento dos benefícios da análise de decisão utilizando-se de planilhas;

- Mostrar algumas técnicas e dar algumas dicas de como desenvolver modelos;

Como resultado deste treinamento você terá os seguintes benefícios:

• Obterá resultados rapidamente pelo uso do Crystal Ball;

• Aprenderá a pensar em nível de confiança;

• Aprenderá a comunicar os resultados de uma simulação;

• Desenvolver modelos de dados para utilização da organização;

• Incorporar a política de decisão nos modelos de simulação;

• Otimizar as decisões através da análise das incertezas e restrições.


______________________________________________________________

Principles of Electric Drives Webinar – New!
Dias 18 a 27 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 8h

Objetivos By connecting with this webinar, you will be able to:
• Explain the design, function, and interactions of all major components of a typical electric vehicle powertrain

• Describe the operation, attributes, and behavior of battery packs, inverters, motor-generators, on-board and off-board charging systems, and DC-DC converters across all ranges of performance

• Identify the different design configurations and requirements of electric drives in hybrids, plug-in hybrids, fuel cell hybrids, and battery electric vehicles

• Classify different types of battery packs, inverters, motors, and DC-DC converters

• Analyze the design and construction of a given electric powertrain, and evaluate its particular attributes and drawbacks

• Assess fault detection and protection strategies and circuits as well as on-board diagnostic requirements

• Appraise technical limitations of electric drive components, as well as design and technological trends that may address such limitations

Público Alvo Powertrain engineers, electrical engineers, project planners, project managers, technical writers, safety officers, component specialists, component suppliers, and anyone else who is professionally impacted by the development of electric vehicle technology will be able to use this information to help them transition to working with electric drives. Participants should have a basic knowledge of electric circuits. This is na introductory webinar; a mechanical or electrical engineering degree is helpful but not necessary.


______________________________________________________________

Metodologia de Gestão de Projeto dos Produtos Automotivos
Dias 24 e 25 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Heymann A R Leite

Ementa 1. Conceituação de Projeto.
- Distinção entre Projeto e Programa.
- Exercício de aplicação.
- Vivência prática para distinguir os processos e as 9 Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de Projetos do PMBOK.

2. Noções sobre o PMI e PMBOK.
- Processos envolvidos no gerenciamento de projetos.
- Distinção entre processos de execução e de gerenciamento de projetos.
- As 9 áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos.

3. O Planejamento do Produto.
- Os desafios de se lançar um novo produto.
- Importância e Responsabilidades: Planejamento Estratégico X Planejamento do Produto.
- Fóruns relevantes para tomar decisões estratégicas de negócios.
- Tópicos relevantes para aprovação de programas.

4. A Gestão de Programas de Produto.
- Visões do Programa e Estrutura de Apoio.
- A gestão segundo às 9 Áreas de Conhecimento do PMBOK.
- Fóruns relevantes para tomar decisões técnico-operacionais.
- Considerações sobre a elaboração do orçamento de um programa.
- As atividades de um programa em uma montadora.
- História Natural de um Programa Automotivo.

5. A Metodologia dos 7 Marcos.
- A necessidade e importância de se ter uma metodologia de gerenciamento e controle.
- Metodologia dos 7 Marcos de Controle do Programa.
- Eventos Pós-Vendas.
- Evento Final de Fabricação.
- Exemplo de aplicação.

6. Atividade da Engenharia do Produto que suportam o programa.
- Árvore de conhecimentos necessários.
- Atividades de suporte.
- Concepção; Verificação; Certificação.

Público Alvo Estudantes de engenharia mecânica, mecatrônica e áreas correlatas, além de estudantes de tecnologia. Executivos em formação ou em potencial, engenheiros, administradores, técnicos e profissionais envolvidos na execução projetos e com os processos de gerenciamento de projetos do desenvolvimento de produtos, planejamento, manufatura, compras e logística, principal, porém não exclusivamente, do setor automotivo.


______________________________________________________________

Certificação Green Belt na Metodologia Lean Six Sigma
Dias 26 de outubro a 02 de dezembro – São Paulo/SP


Carga Horária - 64h

Instrutores – Sinval Daffre e Maria do Carmo Del Pino.

Ementa Conteúdo programático:
• Introdução à metodologia Lean Six Sigma
• O que é Lean
• O que é Six Sigma

Definir (Define)
• Definição do problema
• Identificação do Cliente e dos CTQ’s
• Mapeamento do processo

Medir (Measure)
• Identificação das medições e variações
• Desenvolvimento do Plano de Coleta de dados
• Realização da análise do Sistema de Medição (MSA)
• Realização da análise de capacidade

Analisar (Analyse)
• Revisão das ferramentas de Análise
• Aplicação das ferramentas estatísticas
• Identificação das fontes de variação

Melhorar (Improve)
• Geração de alternativas de melhoria
• Validação das melhorias
• Criação do mapa do processo
• Atualização do FMEA
• Elaboração da análise Custo x Benefício

Controlar (Control)
• Desenvolvimento da estratégia de Controle
• Elaboração e implementação do Plano de Controle
• Atualização de procedimentos e planos de treinamento
• Trabalho em equipe – papéis e responsabilidades

Público Alvo Engenheiros, profissionais de áreas administrativas, financeira, qualidade, desenvolvimento de produto, técnicos, etc. Pessoas que desejam conhecer e utilizar a metodologia Lean Six Sigma para melhorar seus processos.


______________________________________________________________

Aerodinâmica Veicular
Dias 27 e 28 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 16h

Instrutor – Prof. Dr. Luiz Antonio Negro Martin Lopez

Ementa 1. Princípios básicos de Aerodinâmica
- Tipos de escoamentos e Número de Reynolds
- Comprimento crítico
- Camada Limite fluidodinâmica
- Separação da Camada Limite
- Efeito Coanda

2. Modelos em Escala
- Análise dimensional e semelhança
- Túnel de vento virtual
- Aplicações no desenvolvimento de protótipos

3. Aerodinâmica com Transmissão de Calor
- Princípios básicos de Transmissão de Calor
- Grupos adimensionais importantes
- Coeficiente de Película
- Aplicações em veículos frigoríficos
- Aplicações no resfriamento de componentes

4. Efeitos Aerodinâmicos
- Tensão superficial e Coeficiente de Atrito
- Coeficientes de Sustentação e de Arrasto
- Pressão Dinâmica
- Velocidade Terminal

5. Perfis de Aerofólio
- Curva Polar
- Centro de Pressão
- Resultante Aerodinâmica
- Aplicações Veiculares

6. Aerodinâmica de Alta Velocidade
- Número de Mach
- Onda de choque
- Aplicações em Turbinas, Compressores e Bocais
- Aplicações em aviões e helicópteros

Objetivo Fornecer aos participantes conhecimentos fundamentais para executar com autonomia o dimensionamento, modelagem e teste de veículos automotores e equipamentos, considerando os aspectos relacionados com a aerodinâmica, a troca de calor e o desempenho.


______________________________________________________________

Desenvolvimento de Produtos utilizando Lean
Dia 28 de outubro – São Paulo/SP


Carga Horária - 8h

Instrutor – Prof. Dr. Marcio Cardoso Machado

Ementa O processo de desenvolvimento de produtos.

A representação do processo de desenvolvimento de produtos.

As atividades funcionais e as fases do Desenvolvimento de Produtos.

A abordagem de decomposição no desenvolvimento de produtos.

O Fluxo da informação no PDP.

Princípios e práticas para criação de valor.

A criação de valor no processo de desenvolvimento de produtos.

O modelo de três fases para criação de valor.

Aplicando Lean em PDP.

O projeto de mudança.

A preparação.

Identificando o valor

A proposição do valor

A entrega do valor.

Controle e melhoria.

Encerramento do projeto de melhoria no PDP.

Público Alvo Gestores, engenheiros e demais profissionais da área de desenvolvimentos de produtos.





Mais informações à imprensa:
Companhia de Imprensa
Maria do Socorro Diogo – msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Susete Davi – susete@companhiadeimprensa.com.br
Telefones – 11 4435-0000 / 7204-1921

 Buscar release:
   
 Perfil da empresa

A SAE BRASIL é uma associação sem fins lucrativos que congrega engenheiros, técnicos e executivos unidos pela missão comum de disseminar técnicas e conhecimentos relativos à tecnologia da mobilidade em suas variadas formas: terrestre, marítima e aeroespacial.
A SAE BRASIL foi fundada em 1991 por executivos dos segmentos automotivo e aeroespacial, conscientes da necessidade de se abrir as fronteiras do conhecimento para os profissionais brasileiros da mobilidade, em face da integração do País ao processo de globalização da economia, ora em seu início, naquele período. Desde então a SAE BRASIL tem experimentado extraordinário crescimento, totalizando mais de 6 mil associados e 10 seções regionais distribuídas desde o Nordeste até o extremo Sul do Brasil, constituindo-se hoje na mais importante sociedade de engenharia da mobilidade do País.
A SAE BRASIL é filiada à SAE INTERNATIONAL, associação com os mesmos fins e objetivos, fundada em 1905, nos EUA, por líderes de grande visão da indústria automotiva e da então nascente indústria aeronáutica, dentre os quais se destacam Henry Ford, Orville Wright e Thomas Edison, e tem se constituído, ao longo de mais de um século de existência, em uma das principais fontes de normas, padrões e conhecimento relativos aos setores automotivo e aeroespacial em todo o mundo, com mais de 35 mil normas geradas e mais de 138 mil sócios distribuídos por cerca de 100 países.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308