Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
25/03/2011
Grid de largada da 17ª Baja SAE BRASIL-PETROBRAS acontece neste domingo

67 carros off road construídos por mais de mil universitários, de 59 instituições de ensino, de 14 Estados e DF, serão avaliados até este sábado por juízes da indústria

A cidade de Piracicaba, interior de SP, recebeu ontem, 24, os 67 carros off road, projetados e construídos por cerca de 1,2 mil futuros engenheiros, de 59 instituições de ensino de 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Os Baja SAE irão disputar até domingo, 27, a 17ª Competição Baja SAE BRASIL-PETROBRAS, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA).

Ao final da competição, as equipes das três instituições representadas que alcançarem as melhores pontuações na soma geral das provas estáticas e dinâmicas, ganham o direito de representar o Brasil na Baja SAE Kansas, de 26 a 29 de maio deste ano, em Pittsburg, Kansas, EUA, onde participam mais de 90 equipes de vários países. O Brasil é tetracampeão na competição internacional.

A competição começou nesta quinta-feira, ao meio-dia, com os carros sendo submetidos a inspeções técnica e de segurança, e verificação do motor, aplicadas por juízes das principais indústrias automotivas. Hoje, as provas começaram às 8h e prosseguem até as 18h. Amanhã, além de provas estáticas e apresentação de projetos, os carros farão testes de aceleração, velocidade máxima, tração e suspension/traction (manobrabilidade radical). Já no domingo, às 9h15, será formado o grid de largada, acontecerá o enduro de resistência e, por fim, a apresentação dos vencedores no pódio.

Das 67 equipes inscritas, 21 são de São Paulo. Rio de Janeiro conta com oito equipes e o Rio Grande do Sul sete. Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais têm cinco representantes cada, enquanto Paraíba e Pernambuco contam com quatro equipes cada, seguidos de Ceará e Bahia, com duas equipes. Já o Espírito Santo, Sergipe, Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Distrito Federal possuem uma equipe inscrita cada (ver lista das equipes).

Vitrine de talentos - O Projeto Baja SAE é o primeiro, e um dos programas estudantis de maior sucesso no País, voltado à capacitação de futuros engenheiros, no qual estudantes são envolvidos no real desenvolvimento de um veículo em todas as ações correlatas. Além de praticarem os conceitos teóricos adquiridos em sala de aula, os participantes são submetidos a experiências da vida real, como trabalho em equipe, atendimento de prazos, busca de suporte financeiro para o projeto e diversas atividades, muitas delas em áreas não exploradas nos cursos regulares, mas que estimulam a criatividade e a liderança.

Reconhecida pelas principais empresas da área da mobilidade do País, como celeiro de novos talentos da engenharia brasileira, a competição realizada pela SAE BRASIL desafia os universitários a projetarem, buscarem patrocínio e construírem os veículos off-road de acordo com o regulamento da competição, disponível no site da SAE BRASIL – www.saebrasil.org.br

Veículos - Os Baja SAE são protótipos de estrutura tubular em aço, monopostos, para uso fora-de-estrada, com quatro ou mais rodas e devem ser capazes de transportar pessoas com até 1,90m de altura, pesando até 113,4 kg e motor padrão de 10 HP. Os sistemas de suspensão, transmissão, freios e o próprio chassi são desenvolvidos pelas equipes, que têm, ainda, a tarefa de buscar patrocínio para viabilizar o projeto.

O engenheiro Vagner Galeote, presidente da SAE BRASIL, aponta que as competições estudantis promovidas pela entidade desafiam os estudantes no que toca às habilidades mais desejadas pelo mercado nos profissionais da engenharia. “Os jovens aprendem a trabalhar em equipe, concebem, constroem e testam o projeto, tudo dentro das rígidas regras da competição”, conta Galeote.



17ª Competição Baja SAE BRASIL-PETROBRAS

67 equipes inscritas



CENTRO-OESTE

Distrito Federal (1 equipe / 1 instituição)
Universidade de Brasília (UnB) – equipe Piratas do Cerrado (carro 30)

Mato Grosso (1 equipe / 1 instituição)
Universidade Federal do Mato Grosso – equipe UFMT Baja SAE (carro 60)


NORDESTE

Bahia (2 equipes / 2 instituições)
Universidade Federal da Bahia (UFBA) – equipe Carpoeira (carro 27)
Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) – equipe Baajatinga (carro 31)

Ceará (2 equipes / 2 instituições)
Universidade Federal do Ceará (UFC) – equipe Siará (carro 40)
Universidade de Fortaleza (Unifor) – equipe Mangabaju Racing (carro 55)

Paraíba (4 equipes / 3 instituições)
Universidade Federal da Paraíba – equipes UFPBaja Imensurável e UFPBaja Inexorável (carros 14 e 15)
Instituto Federal da Paraíba (IFPB) – equipe Bajampa (carro 52)
Universidade Federal de Campina Grande – equipe Ciser Parahybaja (carro 36)

Pernambuco (4 equipes / 2 instituições)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – equipes Mangue Baja 1 e Mangue Baja 2 (carros 9 e 10)
Escola Politécnica de Pernambuco (Poli) – equipes Corisco Cavalo e Corisco Vingador (carros 19 e 20)

Rio Grande do Norte (1 equipe / 1 instituição)
Universidade Federal do Rio Grande do Norte – equipe Car-Kará (carro 26)

Sergipe (1 equipe / 1 instituição)
Universidade Federal de Sergipe – equipe Serbaja (carro 51)


SUDESTE

São Paulo / Interior – (13 equipes / 11 instituições)
Uniararas - Centro Universitário Hermínio Ometto – equipe Bajarara (carro 62)
Universidade Metodista de Piracicaba – equipe Baja Unimep (carro 63)
Escola de Engenharia de São Carlos da USP – equipes EESC USP 1 e EESC USP 2 (carros 6 e 7)
Faculdade Anhanguera de Campinas (FAC )– equipe FAC Quadrilha B. (carro 59)
Faculdade de Sorocaba (Facens) – equipe Fase Racing (carro 37)
Instituto Tecnológico de Aeronáutica – equipes Ita Mach Baja 1 e Ita Mach Baja 2 (carros 43 e 44)
Faculdade de Tecnologia de Sorocaba – equipe Nitro Baja Racing (carro 17)
Universidade Estadual Paulista / UNESP Bauru – equipe PAC Baja Unesp (carro 48)
Universidade Estadual Paulista / UNESP Guaratinguetá – equipe Piratas do Vale (carro 16)
Universidade Estadual Paulista / UNESP Ilha Solteira – equipe Tec-Ilha (carro 38)
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – equipe Unicamp Baja SAE (carro 49)

Grande São Paulo – (8 equipes / 5 instituições)
Centro Universitário da FEI – equipes FEI Baja 1 (Dipton) e FEI Baja 2 (Zaya) (carros 1 e 2)
Escola Politécnica da Universidade de S.Paulo/USP – equipes Poli Titan e Poli Ciser Fenix (carros 3 e 39)
Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec SP) – equipe Fatecnólogos (carro 46)
Universidade Presbiteriana Mackenzie – equipe Mack 51 (carro 53)
Instituto Mauá de Tecnologia – equipes Mauá 1 e Mauá 2 (carros 4 e 5)

Minas Gerais – (5 equipes / 5 instituições)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) – equipe Cefast (carro 8)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – equipe Baja UFMG (carro 54)
Universidade Federal de São João Del Rei - equipe Komiketo Baja SAE (carro 22)
Universidade Federal de Viçosa – equipe UFV Baja (carro 50)
Centro Universitário UNA campus Raja – equipe Una Monster BH (carro 58)

Espírito Santo – (1 equipe / 1 instituição)
Universidade Federal do Espírito Santo – equipe Vitória Baja (carro 11)

Rio de Janeiro (8 equipes /8 instituições)
Universidade Federal do Rio de Janeiro – equipe Minerva Baja (carro 35)
Associação Educacional D. Bosco (ex-Faculdade de Engª de Resende) – equipe Aedbaja (carro 34)
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – equipe SuperBaja UERJ (carro 66)
Universidade Federal Fluminense – equipe Tuffão (carro 41)
Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (Cefet-RJ) – equipe Mud Runner (carro 47)
Instituto Politécnico do Rio de Janeiro – equipe Beirute Baja SAE (carro 33)
Universidade Federal Fluminense – Campus Volta Redonda – equipe VR Baja (carro 57)
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC Rio de Janeiro – equipe PUC Rio Baja SAE (carro 67)


SUL

Santa Catarina (5 equipes / 4 instituições)
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – equipes UFSC Tupy Ilhéu e UFSC Tupy Uiraçu e (carros
12 e 13)
Instituto Superior Tupy – equipe Ciser Ist Baja SAE (carro 24)
Universidade da Região de Joinville (Univille) – equipe Univille Baja (carro 45)
Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – equipe Velociraptor (carro 28)

Rio Grande do Sul (7 equipes / 7 instituições)
Universidade Regional Integrada (URI) – equipe UriBaja (carro 42)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – equipe Tchê (carro 25)
Faculdade Horizontina (Fahor) – equipe Sinuelo Fahor (carro 18)
Universidade de Passo Fundo – equipe Mas Baja Tchê (carro 23
Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) – equipe Baja de Galpão (carro 56)
Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI) – equipe Panambaja (carro 64)
Universidade Federal de Santa Maria – equipe Bombaja (carro 21)

Paraná (4 equipes / 4 instituições)
Universidade Federal do Paraná – equipe UFPR Baja SAE (carro 32)
Universidade Tecnológica Federal do Paraná – equipe Imperador UTFPR (carro 29)
Pontifícia Universidade Católica / PUC PR – equipe CW Baja (carro 61)
Universidade Estadual do Oeste do Paraná – equipe Baja Cataratas (carro 65)

17ª Competição Baja SAE BRASIL–PETROBRAS

Quando – de 24 a 27 de março de 2011
Onde - Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA)-rodovia SP 135, km 13,5, bairro Tupi, Piracicaba, SP
A competição é aberta ao público no domingo, às 9h.
Dia 24 (quinta-feira) – a partir das 12h - inspeção técnica e de segurança, e verificação do motor.
Dia 25 (sexta) – a partir das 8h - inspeção técnica e de segurança, verificação do motor, e avaliação do conforto do operador.
Dia 26 (sábado) – a partir das 8h - inspeção técnica e de segurança, verificação do motor, avaliação do conforto do operador, apresentação de projeto, avaliações dinâmicas (aceleração, velocidade máxima, tração e Suspension & Traction), e finais de apresentação de projeto.
Dia 27 (domingo) - Às 9h15 formação do grid de largada e fechamento dos boxes. Das 10h às 14h, enduro de resistência. Às 15h30, pódio. No domingo, o evento será aberto ao público a partir das 9h.

CREDENCIAMENTO DA IMPRENSA – direto com a Companhia de Imprensa



Mais informações à imprensa:
Maria do Socorro Diogo - msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Viviane Monteiro – viviane@companhiadeimprensa.com.br
Jessica Abbade - jessica@companhiadeimprensa.com.br
Telefones (11) 4435-0000 – 9658-5828 - 7204-1921
www.companhiadeimprensa.com.br/assessoria

 Buscar release:
   
 Perfil da empresa

A SAE BRASIL é uma associação sem fins lucrativos que congrega engenheiros, técnicos e executivos unidos pela missão comum de disseminar técnicas e conhecimentos relativos à tecnologia da mobilidade em suas variadas formas: terrestre, marítima e aeroespacial.
A SAE BRASIL foi fundada em 1991 por executivos dos segmentos automotivo e aeroespacial, conscientes da necessidade de se abrir as fronteiras do conhecimento para os profissionais brasileiros da mobilidade, em face da integração do País ao processo de globalização da economia, ora em seu início, naquele período. Desde então a SAE BRASIL tem experimentado extraordinário crescimento, totalizando mais de 6 mil associados e 10 seções regionais distribuídas desde o Nordeste até o extremo Sul do Brasil, constituindo-se hoje na mais importante sociedade de engenharia da mobilidade do País.
A SAE BRASIL é filiada à SAE INTERNATIONAL, associação com os mesmos fins e objetivos, fundada em 1905, nos EUA, por líderes de grande visão da indústria automotiva e da então nascente indústria aeronáutica, dentre os quais se destacam Henry Ford, Orville Wright e Thomas Edison, e tem se constituído, ao longo de mais de um século de existência, em uma das principais fontes de normas, padrões e conhecimento relativos aos setores automotivo e aeroespacial em todo o mundo, com mais de 35 mil normas geradas e mais de 138 mil sócios distribuídos por cerca de 100 países.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308