Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
14/11/2007
Especialistas apontam tendências para a indústria automotiva brasileira

Comemoração ao 10 º aniversário do Grupo SMARTtech e anúncio do primeiro centro de pesquisa independente para indústria automobilística do Brasil também foram destaques durante seminário realizado no último dia 8, em São Paulo

Com destaque para as novas tendências do setor, o Seminário Indústria Automobilística 10 Anos, realizado no último dia 8, em São Paulo em comemoração ao 10º aniversário do Grupo SMARTtech, estabeleceu um balanço da última década e apontou desafios a serem enfrentados pela indústria automobilística no futuro. A incorporação de novas tecnologias, o papel do 'engenheiro do futuro' e a preocupação com a segurança e o meio ambiente foram os principais temas abordados pelos palestrantes. Um dos principais distribuidores de software de engenharia do Brasil, o Grupo SMARTtech faturou US$ 4 milhões em 2006 (o dobro de 2004) e tem projeção de crescimento de 25% este ano.

O seminário marcou o anúncio do Centro Tecnológico de NVH e Durabilidade, o primeiro laboratório veicular para a realização de testes e simulações em ruído e vibração da América Latina, com investimentos na ordem de R$ 2,5 milhões feitos pelo Grupo. Ricardo Nogueira, diretor geral do Grupo SMARTtech, abriu o evento com destaque para a apresentação da inédita ilha tecnológica. "Com o crescimento da indústria automobilística e a grande demanda de carros, vamos preencher uma lacuna que existe no setor, prestando serviços de forma inovadora e gerando desenvolvimento para o País", comentou.

Em seguida, Paulo Braga, diretor da Automotive Business, destacou o aumento da produtividade e a busca por novas tecnologias como principais desafios da indústria automobilística. Braga abordou a preocupação com o meio ambiente, novas alternativas de combustíveis e o advento cada vez maior da eletrônica. "Fora isso, você tem um consumidor que busca veículos compactos, eficientes e silenciosos. A realidade exige desafios e responsabilidades. Enquanto a produção migra para países de baixo custo, a demanda cresce nos países independentes", disse Paulo Braga.

Na opinião de Braga, as invenções trarão mudanças significativas no cenário automobilístico. As novidades incluem veículos autoguiados e sistemas anticolisão. As transformações na indústria automobilística serão proporcionadas pelo powertrain e a disponibilidade de energia. "A velocidade de inovação é muito rápida. Nesse contexto, países emergentes como o Brasil, Índia, Rússia e China aumentarão significativamente a sua produção e terão papel fundamental nesse mercado", disse.

Fernando Pinto, presidente da PWT Consultoria, destacou as tendências em desenvolvimento de motores para o futuro, e abordou o tema Os Novos Cenários do Powertrain. "Responder a velocidade das mudanças é um desafio muito grande, pois novas idéias surgem a cada momento. Diante desse cenário, o powertrain deve incorporar sempre novas tecnologias, o que é uma tendência no mercado atual", afirmou.

O uso de materiais leves, recicláveis e mais sociáveis também farão parte do futuro do powertrain, segundo o consultor. "A tendência é que ele se torne cada vez mais flexível e incorpore tecnologia e desenvolvimento rápido. Além disso, o constante uso da simulação vai garantir também melhores configurações e desempenho", disse.

Novo perfil profissional - O papel do "engenheiro do futuro" também foi abordado durante o seminário. Preocupações com a maior expectativa de vida das pessoas, as novidades da era digital e a mudança no perfil das grandes cidades devem servir de alerta para o profissional do setor, na opinião de Flávio Campos, diretor da SAE BRASIL Seção São Paulo e diretor de Engenharia da Delphi para a América do Sul. "O modo como as pessoas se relacionam já está mudando. Hoje, a tecnologia permite que eu troque conhecimentos de forma rápida com uma pessoa do outro lado do mundo. O desafio é inovar sempre e, num mundo cada vez mais global, permitir cada vez mais essa interatividade", disse.

Buscar inovação, mas sem deixar de adequá-la ao perfil do consumidor já é uma realidade, segundo Campos. Nesse cenário, a falta de alternativas de energia e os conflitos do chamado "mundo moderno" devem ser levados em conta. "Capacidade técnica e conhecimento são fundamentais, mas o engenheiro do futuro deve estar sempre atento à realidade que o cerca, tendo a sensibilidade necessária para inovar sem esquecer o que realmente interessa para as pessoas em termos de necessidades", disse.

Em seguida, João Antônio Silva Filho, gerente de Engenharia da Ford Camaçari, falou sobre as tendências e o uso da simulação, a partir da experiência da montadora com a simulação computacional. "A idéia de que os analistas dominam computadores e nada sobre carros está mudando. A simulação computacional permite cada vez mais a redução do tempo e do custo e é uma tendência cada vez maior para o futuro", comentou.

Alexandre Nunes, gerente do Laboratório de Ruídos da GM, encerrou o ciclo de palestras com o tema "Tendências da Engenharia Experimental". "A maior dificuldade na realização dos testes está relacionada ao tempo e custo. A simulação computacional vem suprir essa carência. Atualmente, a engenharia experimental tem um papel fundamental, e a busca por carros eficientes, mas que atendam cada vez mais ao perfil do consumidor, é a tendência maior", disse.

Para Nunes, o desenvolvimento possibilitará maior ganho de tempo e economia das montadoras no uso de protótipos, durante os testes experimentais. "A idéia é testar rápido e, se possível, apenas uma vez, como buscam os especialistas. Para isso, serão necessários cada vez mais investimentos em laboratórios modernos e profissionais especializados", disse o engenheiro da General Motors do Brasil.




Mais informações à imprensa:
Maria do Socorro Diogo - msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Danilo Gonçalves - danilo@companhiadeimprensa.com.br

 Buscar release:
   
 Imagens
Clique nas imagens para salvá-las em maior resolução
laboratório de testes em acústica, usado para analisar os ruídos dos automóveis
Alexandre Nunes, gerente do Laboratório de Ruídos da GM, encerrou o ciclo de palestras com o tema "Tendências da Engenharia Experimental"
Fernando Pinto, presidente da PWT Consultoria, destacou as tendências em desenvolvimento de motores para o futuro
Flávio Campos, diretor da SAE BRASIL Seção São Paulo, opinou que a mudança da expectativa de vida das pessoas e o perfil das cidades servem como alerta para o profissional do setor
João Antônio Silva Filho, gerente de Engenharia da Ford Camaçari, falou sobre as tendências e o uso da simulação computacional
Paulo Braga, diretor da Automotive Business, destacou os principais desafios da indústria automobilística
Ricardo Nogueira, diretor geral do Grupo SMARTtech, abriu o evento com destaque para a apresentação da inédita ilha tecnológica
 Perfil da empresa

Fundada em 1997, fornece serviços e tecnologias para apoio a projetos de engenharia. Com uma visão multidisciplinar, oferece ao mercado recursos de simulação e testes de forma a cobrir as principais necessidades de projeto e validação de produtos. Tem parcerias com empresas líderes no mercado mundial em suas respectivas áreas, representadas na América do Sul. A equipe técnica tem visão não apenas da operação das tecnologias, mas da aplicação em diferentes áreas tais como energia, automotiva, máquinas agrícolas, bens de consumo, máquinas e equipamentos, entre outros. Está organizada em duas empresas, uma voltada à comercialização de software e hardware (Smarttech Tecnologia) e outra à execução de serviços de engenharia (Smarttech Serviços de Engenharia).Dispõe de um Techcenter único no Brasil paraapoiar suas atividades com laboratórios de shakers, atuadores hidráulicos, câmara acústica e pista de teste de ruído. Durabilidade, NVH, Cálculo Estrutural, Multicorpos, Injeção de Plásticos são algumas das disciplinas oferecidas pela Smarttech. O grupo possui base na cidade de Holambra, distante 135 km da capital paulista.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308