Home | Institucional | Clientes | Releases | Artigos | Produtos e Serviços | Contato

 Release
15/09/2006
Encontro Latino-Americano do ABAQUS mostra uso avançado da ferramenta no Brasil

Há quase 20 anos, engenheiros brasileiros têm acesso ao software de simulação mecânicas complexas e não-lineares, que em breve ganhará a versão: 6.6.1

O 4º Encontro Latino-Americano de Usuários do ABAQUS, realizado neste mês de setembro pela SMARTtech Mecânica em parceira com a argentina KB Engineering S.R.L, em São Paulo mostrou que os brasileiros estão bastante avançados na aplicação da tecnologia de simulação computacional, já presente no País há quase 20 anos. Durante dois dias, 15 cases (10 de autores brasileiros, três mexicanos e dois argentinos) ilustraram o avanço.

O primeiro dia de encontro contou com a participação de Roger Keene, gerente geral das Américas da empresa ABAQUS, que apresentou os planos de lançamento das novas versões da tecnologia ABAQUS para 2007 e 2008. “Entre o lançamento das novas versões, teremos uma intermediária, denominada ABAQUS 6.6 EF1, que estará disponível em novembro para usuários”, afirmou Keene. Segundo Anselmo Fioranelli Júnior, engenheiro da SMARTtech Mecânica as versões intermediárias estarão disponíveis para os usuários do ABAQUS, que podem fazer a solicitação por e-mail.

Entre os cases nacionais, destaque para a Pirelli que mostrou toda a complexidade de se desenvolver um pneu que, segundo Argemiro Costa, gerente de Pesquisa e IT para Engenharia da empresa, na concepção do consumidor se resume em algo simples: redondo, preto e com um furo no meio. “O pneu tem de ter durabilidade, ser resistente e fácil de montar, oferecer dirigibilidade no seco e no molhado, proporcionar conforto aos passageiros, baixo consumo de combustível e baixo custo”, resume Costa. “Tudo isso trabalhando com uma matéria-prima de estrutura complexa, que sofre grandes deflexões e deformações, está sujeita a tensões que induzem à fadiga, apresenta não-linearidade na geometria e materiais e difícil modelagem do contato”, diz.

Usuária do ABAQUS desde julho de 1988, a Pirelli encontrou no software a ferramenta ideal, pois segundo Costa, trata-se de um programa de elementos finitos de caráter genérico, com ênfase em modelos avançados de engenharia nas áreas estrutural e de transmissão de calor, além de permitir análises lineares e não-lineares, possuir modelos para compostos de borracha e compósitos e permitir especificações bastante genéricas para problemas de contato.

Outro destaque do encontro foi a apresentação do case ‘Aplicações em Autopeças’, de Gilson Arima, engenheiro da área de cálculos técnicos, da Schaeffler Brasil, que mostrou um estudo comparativo entre design de polias automotivas em que o ABAQUS demonstrou ser uma ferramenta robusta com forte presença na interação de contatos e com a possibilidade também de implementar palavras-chaves em arquivos de entrada, e integração com documentos Phyton.

“A respeito dos deslocamentos, tensão e fatores de segurança, os resultados de produção do projeto do novo componente são aceitáveis. Os resultados positivos serão gerados no processo de manufatura e também no peso, e isso irá representar uma redução de custo representativa”, conclui Arima.

Já a DuPond mostrou estudo de case com polímeros, em que a empresa fez um estudo de correlação dos resultados apresentados no ABAQUS e um experimento físico para verificar a precisão do programa. “Os resultados demonstram que a transposição das curvas experimentais do software foi executada com precisão. Este estudo comprova o alto desempenho do ABAQUS na solução de problemas estruturais que envolvem níveis dependentes e independentes de leis constitutivas de material plástico”, conclui o estudo.

Além deles, apresentaram cases o Instituto Nokia de Tecnologia, com um estudo de simulação de testes de queda para auferir a resistência mecânica de telefones celulares, a Cofap Automotive Suspension, que mostrou uma metodologia de projeto de amortecedor, e a Petrobras, que apresentou palestra sobre geotecnia.

Acadêmicos - As universidades também marcaram presença no 4º Encontro Latino Americano de Usuários do ABAQUS. Do Brasil, destaque para a Universidade Federal Fluminense, do Rio de Janeiro, que apresentou case com o tema ‘Análise do processo de extrusão rotativa de tubos’.
Entre as estrangeiras, destaque para a Universidad Nacional Autónoma de México que apresentou três cases: ‘Simulação de óxidos durante a descamação de placas de lingotamento contínuo’, ‘Modelação matemática computacional dos campos térmicos e dos esforços em um disco de aço inoxidável resfriado por uma coluna d’água’, e ‘Modelação matemática de um problema de contorno móvel’.

Da Argentina, especialistas da Universidad Buenos Aires apresentaram o case ‘Modelação no ABAQUS de microusinagem laser’, e, da Universidad Nacional de Rosário, o case ‘Modelação matemática da distribuição da temperatura em grãos armazenados em silos’.

Além disso, Anselmo Fioranelli Júnior, da SMARTtech, demonstrou as novidades da versão 6.6 do ABAQUS e do ABAQUS/CAE, e o engenheiro com Ivo de Castro, gerente da SMARTtech Serviços, mostrou como o ABAQUS pode auxiliar a engenharia automotiva nos projetos de segurança veicular. Já Gustavo Sànchez Sarmiento, diretor da KB Engeneering, da Argentina, fez um passo-a-passo sobre análises térmicas com o ABAQUS. Celso Noronha e Silvio Castro, engenheiros da SMARTtech, apresentaram ainda as palestras ‘Plug0ins e customização do ambiente ABAQUS’ e Fadiga, respectivamente.

É a primeira vez que o Brasil sedia a Reunião, já realizada na Argentina (em 1999 e 2005) e na Venezuela (2000). Entre as apresentações de cases, especialistas da SMARTtech e da KB Engineering mostraram as novidades da mais recente versão do ABAQUS, a 6.6, que trouxe como principais melhorias a geração de malhas e agilidade no processamento dos dados.

SOFTWARE - O ABAQUS é um software para efetuar simulações mecânicas complexas e não-lineares, considerando os mais diversos fenômenos físicos necessários para a realização de prototipagem digital de mecanismos estruturais. A tecnologia, que tem se tornado mainstream nas grandes corporações mundiais, permite realizar uma vasta gama de análises em conjunto, além das tradicionais análises estruturais e térmicas.




Mais informações à imprensa:
Maria do Socorro Diogo e Alexandre Akashi
PABX (11) 4435-0000

 Buscar release:
   
 Perfil da empresa

Fundada em 1997, fornece serviços e tecnologias para apoio a projetos de engenharia. Com uma visão multidisciplinar, oferece ao mercado recursos de simulação e testes de forma a cobrir as principais necessidades de projeto e validação de produtos. Tem parcerias com empresas líderes no mercado mundial em suas respectivas áreas, representadas na América do Sul. A equipe técnica tem visão não apenas da operação das tecnologias, mas da aplicação em diferentes áreas tais como energia, automotiva, máquinas agrícolas, bens de consumo, máquinas e equipamentos, entre outros. Está organizada em duas empresas, uma voltada à comercialização de software e hardware (Smarttech Tecnologia) e outra à execução de serviços de engenharia (Smarttech Serviços de Engenharia).Dispõe de um Techcenter único no Brasil paraapoiar suas atividades com laboratórios de shakers, atuadores hidráulicos, câmara acústica e pista de teste de ruído. Durabilidade, NVH, Cálculo Estrutural, Multicorpos, Injeção de Plásticos são algumas das disciplinas oferecidas pela Smarttech. O grupo possui base na cidade de Holambra, distante 135 km da capital paulista.

Divisão Assessoria de Imprensa • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 41 • Santo André • SP • Fone/Fax (11) 4435-0000
Divisão Publicações • Rua Álvares de Azevedo, 210 • Cj. 61 • Centro • Santo André • SP • Fone (11) 4432-4000 • Fax (11) 4990-8308